Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 13 de março de 2017. Atualizado às 22h39.

Jornal do Comércio

Jornal da Lei

COMENTAR | CORRIGIR

Direito Comercial

Notícia da edição impressa de 14/03/2017. Alterada em 13/03 às 18h47min

Litígio entre lojistas e administradoras shopping aumentam o número de ações na Justiça

Índice de desocupação em Porto Alegre chegou a 12,5% em 2016

Índice de desocupação em Porto Alegre chegou a 12,5% em 2016


MANJUNATH KIRAN/AFP/JC
Laura Franco, especial
Nos últimos meses, o número de desavenças comerciais entre lojistas e shoppings tem chamado a atenção dos tribunais gaúchos. A inadimplência, somada a dificuldade de negociação de contratos de locação, resultou em um aumento no índice de desocupação comercial em Porto Alegre. Segundo entidades do setor, o índice era de 3,7% em 2011 e chegou a 12,5% em 2016.
Mesmo com os números aumentando, a jurisprudência do TJRS tem sido cautelosa na revisão desses contratos. Cláudio Lamachia, presidente da OAB Nacional, aconselha que "os lojistas devem procurar um advogado da sua confiança para que seja realizada, em primeiro lugar, uma negociação com o shopping".
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia