Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 14 de março de 2017. Atualizado às 22h34.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Legislação

Notícia da edição impressa de 15/03/2017. Alterada em 14/03 às 22h23min

União sinaliza com nova reforma tributária

No segundo semestre, União quer tratar do tema nos estados, com mudanças no ICMS

No segundo semestre, União quer tratar do tema nos estados, com mudanças no ICMS


DIVULGAÇÃO/JC
Em meio ao agravamento da crise política, o governo decidiu reforçar a agenda econômica e encaminhar ao Congresso sua proposta de reforma tributária. O presidente Michel Temer anunciou, na semana passada, durante reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), o Conselhão, que vai editar uma Medida Provisória (MP) simplificando a cobrança de PIS/Cofins ainda neste ano.
A ideia é fazer uma mudança gradual. Primeiro, será feita a alteração no PIS, que tem uma alíquota mais baixa e servirá de teste para o novo regime. Isso deve ocorrer em 60 dias. Depois disso, virão as mudanças na Cofins. No segundo semestre, o governo quer tratar da reforma tributária nos estados, com mudanças no ICMS.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia