Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 14 de março de 2017. Atualizado às 22h34.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Negócios corporativos

Notícia da edição impressa de 15/03/2017. Alterada em 14/03 às 17h15min

Ano começa com crescimento em fusões e aquisições no País

Região Sul aparece em segundo lugar, com 11% das operações

Região Sul aparece em segundo lugar, com 11% das operações


PRESSFOTO - FREEPI.COM/DIVULGAÇÃO/JC
Janeiro terminou com 54 transações de fusões e aquisições no Brasil, segundo relatório da PwC Brasil. O número é 6% maior que o mesmo período do ano passado e 7% abaixo da média dos últimos seis anos. Depois de três anos, o setor de tecnologia da informação (TI) deixou a liderança no ranking de transações.
Foram registradas seis operações envolvendo empresas de TI em janeiro (11% do total), uma queda de 50% em relação a janeiro de 2016. O setor de serviços auxiliares teve oito operações em 2017 (15% do total), um crescimento de 14% em relação ao mesmo período do ano passado. Em terceiro lugar, aparece o setor químico, com cinco transações (9% do total). A lista dos "cinco mais" é completada com serviços públicos e de saúde. Juntos, eles somam 50% das operações de janeiro.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia