Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 28 de fevereiro de 2017. Atualizado às 22h49.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Direitos Humanos

Notícia da edição impressa de 01/03/2017. Alterada em 28/02 às 22h05min

À ONU governo brasileiro afirmou combater corrupção

Ao reassumir o assento no Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), o governo brasileiro afirmou que tem como um de seus objetivos lutar contra a corrupção. A ministra de Direitos Humanos, Luislinda Valois, disse também que as instituições estão funcionando no País.
"Hoje, como sempre, perseveramos no combate contra a corrupção, com o pleno empenho do poder público e total respeito ao devido processo legal e às garantias individuais preconizadas na Carta Magna Brasileira (a Constituição Federal de 1988)", afirmou Luislinda no discurso entregue à ONU na segunda-feira, sem fazer referência ao fato de ministros do governo Michel Temer (PMDB) serem citados em delações.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia