Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 28 de fevereiro de 2017. Atualizado às 21h38.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Fala Profissional

Notícia da edição impressa de 01/03/2017. Alterada em 28/02 às 20h58min

Qual é o papel dos auditores-fiscais da Receita estadual nas finanças municipais?

RODRIGO CASSOL AFISVEC/DIVULGAÇÃO/JC
Analisando a estrutura das receitas municipais observamos que a maioria dos municípios do Estado tem uma dependência muito grande das transferências tributárias referentes ao ICMS e ao IPVA. Os municípios, com base na Constituição Federal, têm direito a 25% do total do ICMS e a 50% do total do IPVA recolhidos pelo Estado.
Na distribuição do ICMS, anualmente, são calculados os índices de participação no ICMS, onde se leva em conta o valor adicionado do município e outras variáveis tais como: o tamanho do território, população, propriedades rurais, produtividade primária e a participação do município no PIT - Programa de Integração Tributária.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia