Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 31 de janeiro de 2017. Atualizado às 18h12.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

relações internacionais

31/01/2017 - 17h03min. Alterada em 31/01 às 19h15min

Embaixada dos Estados Unidos confirma restrições para vistos no Brasil

Pessoas foram surpreendidas pelas mudanças ao comparecer no Centro de Atendimento na Capital

Pessoas foram surpreendidas pelas mudanças ao comparecer no Centro de Atendimento na Capital


MARCELO G. RIBEIRO/JC
Amanda Jansson Breitsameter
O consulado dos EUA no Brasil confirmou, nesta terça-feira (31), que as mudanças detectadas por quem busca emitir um visto para visitar os Estados Unidos (EUA) são efeito do decreto do presidente norte-americano Donald Trump. Em 27 de janeiro, Trump oficializou medidas restringindo a entrada de imigrantes no país, principalmente de países de origem muçulmana. Mas o alcance é muito maior. 
Segundo um porta-voz da Embaixada dos EUA, o Departamento de Estado dos EUA restringiu as isenções de entrevistas para solicitar o visto, passando a exigir que pessoas com mais de 14 anos e menos de 80 façam a entrevista. Brasileiros e argentinos, entre 14 e 15 anos, e entre 66 e 79 anos, eram dispensados da entrevista ao fazer o visto pela primeira vez.
Além disso, solicitantes que anteriormente tinham um visto na mesma categoria expirado há menos de 12 meses antes do novo pedido também deverão fazer nova entrevista (o prazo anterior era de 48 meses). As isenções seguem valendo para solicitantes de vistos diplomáticos e oficiais de governos estrangeiros e organizações internacionais.
Em nota, o Consulado dos EUA em São Paulo afirmou que, em sua política de vistos, "o governo dos Estados Unidos está empenhado em facilitar viagens legítimas de visitantes internacionais e ao mesmo tempo garantir a segurança de suas fronteiras".
As alterações estão sendo implementadas desde essa segunda-feira (30), pegando de surpresa quem buscou o Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) de Porto Alegre atrás de seu visto. Também agências de viagem desconheciam as alterações.

Consulado em Porto Alegre deve abrir no primeiro semestre

A sede do consulado norte-americano em Porto Alegre deve abrir oficialmente ainda no primeiro semestre deste ano. Conforme o Consulado de São Paulo, os preparativos estão dentro do planejado. A conclusão da construção do Consulado acontecerá, segundo nota, "em um futuro breve".  Ainda não há uma data precisa para a abertura.
Após a conclusão da obra, serão instalados equipamentos e móveis e serão realizados testes finais. O novo consulado estará localizado na Avenida Assis Brasil, no bairro Passo d’ Areia.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia