Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 11 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h34.

Jornal do Comércio

Política

CORRIGIR

Partidos

Notícia da edição impressa de 12/01/2017. Alterada em 11/01 às 21h09min

Lula pede eleição em 2017 e diz 'nós voltaremos' em ato do MST

Lula defende eleições diretas e saída para a crise econômica sem penalização dos mais pobres

Lula defende eleições diretas e saída para a crise econômica sem penalização dos mais pobres


PT/DIVULGAÇÃO/JC
Em seu primeiro ato público no ano, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) defendeu ontem, em Salvador, a antecipação das eleições para outubro deste ano e afirmou que o partido "não deve ter vergonha" de dizer que quer um novo pleito presidencial.
Lula foi a Salvador para participar do 29º Encontro Estadual do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), no Parque de Exposições da Bahia, numa estratégia do PT de reaproximação dos movimentos sociais ligados ao partido.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia