Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 10 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h39.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Prefeitura de Porto Alegre

Notícia da edição impressa de 11/01/2017. Alterada em 10/01 às 22h34min

Prefeito promete buscar patrocínios para o Carnaval

Carlos Villela, especial para o JC
Em reunião no Paço Municipal com a Liga Independente de Escolas de Samba de Porto Alegre (Liespa), o prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) disse ontem que a complexidade da situação financeira da prefeitura da Capital o deixa diante de "escolhas de Sofia", precisando determinar repasse de verbas com mais cuidado. O prefeito afirmou que as dívidas deixadas por administrações anteriores beiram as centenas de milhões de reais, e que sua decisão de não bancar o Carnaval não é por vontade pessoal.
Contudo, devido às queixas da impossibilidade de as escolas levantarem R$ 7 milhões em um período tão curto, Marchezan se comprometeu a agir diretamente com a recém-criada Secretaria de Parcerias Estratégicas e seu titular, Bruno Vicente Backer Vanuzzi, para contatar empresários e possíveis investidores para garantir a verba para repassar às escolas. "Se vocês quiserem, a partir de amanhã, já pegamos o telefone e fazemos as ligações", propôs.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia