Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 02 de janeiro de 2017. Atualizado às 22h19.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Partidos

Notícia da edição impressa de 03/01/2017. Alterada em 02/01 às 21h43min

Vereadores do PSDB minimizam a saída de Jorge Gobbi da sigla

Carlos Villela, especial para o JC
A saída de Jorge Gobbi da presidência municipal do PSDB, marcada por críticas ao prefeito Nelson Marchezan Júnior, foi minimizada pela bancada do partido na Câmara Municipal.
O vereador Ramiro Rosário (PSDB) comentou que simpatiza com Gobbi, mas acredita que ele não se identificava com a ideia de governo de Marchezan e, principalmente, com o jeito do novo prefeito de constituir seu gabinete e distribuir cargos.
Já Moisés Barboza (PSDB), que assumiu a vaga após Ricardo Gomes (PP) entrar para o secretariado de Marchezan, disse que foi pego de surpresa pela atitude de Gobbi. "Eu mesmo só fiquei sabendo da saída dele no sábado, sendo que ocorreu na sexta-feira", fala. Contudo, diminuiu a dimensão da atitude de Gobbi, dizendo que é muito mais uma decisão de cunho pessoal do que político.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia