Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 10 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h44.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

Notícia da edição impressa de 11/01/2017. Alterada em 10/01 às 22h33min

Democratas querem barrar nomeação de genro de Trump

Horas após o anúncio da indicação de Jared Kushner, genro do presidente eleito dos EUA, Donald Trump, para um cargo na Casa Branca, congressistas democratas pediram ao Departamento de Justiça e ao Gabinete de Ética Governamental que a nomeação seja barrada. Os adversários de Trump afirmam que a indicação de um parente viola as regras antinepotismo.
"Há argumentos fortes que sustentam que a Casa Branca é uma 'agência' nos termos do estatuto antinepotismo", disse, em comunicado, um grupo de democratas membros da Comissão de Justiça da Câmara dos Deputados.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia