Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 09 de janeiro de 2017. Atualizado às 10h36.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

Atirador que atacou aeroporto na Flórida vai a Tribunal pela primeira vez

O veterano de guerra do Iraque acusado de ter atacado com tiros o aeroporto Internacional de Fort Lauderdale, na Flórida, aparecerá pela primeira vez no Tribunal dos EUA.

Esteban Santiago atirou na área de bagagens, matando cinco pessoas e ferindo outras oito. O jovem, de 26 anos, é de Anchorage, no Alasca, e enfrenta acusações de violência com armas de fogo, o que pode significar a pena de morte se ele for condenado.

A audiência inicial é provável que aconteça nesta segunda-feira e se concentre em garantir que Santiago tenha um advogado e que datas futuras sejam definidas. Santiago foi mantido sob custódia, sem direito a fiança, desde a sua detenção, após o tiroteio na sexta-feira.

De acordo com o FBI, Santiago pegou um voo direto do Alasca para a Flórida com a arma em sua mala. Os agentes disseram que ele recuperou a arma no banheiro e saiu atirando.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia