Fernando prioriza oferecer opções saudáveis aos frequentadores de seu negócio, aberto no ano passado em Porto Alegre Fernando tenta oferecer opções saudáveis aos frequentadores de seu negócio, aberto no ano passado em Porto Alegre Foto: CLAITON DORNELLES/JC

Gelateria de Porto Alegre usa apenas produtos de agricultura familiar

Empresário procura fazer da Quati, inaugurada em 2016, uma cadeia colaborativa

Colaboração é a palavra que Fernando Campelo, 46 anos, proprietário da Quati Gelato e Baguete, usa para definir o seu empreendimento. Localizado na rua Marquês do Herval, no bairro Moinhos de Vento, em Porto Alegre, a gelateria tem como diferencial a utilização de produtos exclusivamente de fornecedores de agricultura familiar e pequenos produtores.
O empresário procura fazer da Quati - inaugurada em março de 2016 - uma cadeia colaborativa. O fato de ele também ser consultor de empresas no Sebrae o aproximou de diversos fornecedores que foram seus clientes.
Com isso, acabou conhecendo a história de vários deles e hoje a grande maioria lhe abastece com produtos. Todos possuem licença e registro necessários para atuar. "Às vezes, é muito difícil para eles ter o registro do Ministério da Agricultura, custa caro e pode demorar até dois anos. Os que não possuem licença, eu tento ajudar a chegar na conclusão desses registros", conta.
Eles trabalham com o conceito considerado "comércio justo". Para isso, Fernando procura sempre negociar o melhor preço. "Eu não quero tirar o sustento do meu fornecedor. Quero que ele coloque o preço que considere justo para propiciar o ganho suficiente e o sustento da família e no campo inclusive", diz.
Entre as formas de buscar seus produtos, o empreendedor faz compras na feira de orgânicos da Redenção
Entre as formas de buscar seus produtos, o empreendedor faz compras na feira de orgânicos da Redenção | Foto: Claiton Dornelles/JC
O leite utilizado no gelato vem de uma pequena indústria gaúcha de laticínios, localizada em São Lourenço do Sul. A Quati trabalha com diversos sabores, como doce de leite, morango, mirtilo, doce de leite com morango, chocolate com framboesa, laranja, doce de leite com amendoim e por aí vai.
Além do sorvete, a Quati trabalha com baguetes que são feitos artesanalmente, com recheios produzidos na casa. Cada sanduíche homenageia alguma cidade gaúcha, procurando usar um ingrediente característico da cidade. O baguete de Pelotas, por exemplo, tem charque, enquanto o de Santa Cruz utiliza carne de porco. "Ainda não temos um de Porto Alegre, mas quem sabe em breve", sugere.
Quando Fernando decidiu abrir o negócio, criou uma lista de escolhas difíceis, ou seja, princípios que tem na vida e que gostaria de aplicar no seu dia a dia. Uma delas seria a de não vender refrigerantes, mas isso acabou não dando certo. "Tivemos a surpresa de que quando mostrávamos o nosso cardápio e dizíamos que não tínhamos refrigerantes, alguns clientes levantavam da mesa e iam embora", conta.
Hoje, há refrigerantes para venda, mas ficam numa prateleira mais escondida do estabelecimento. E, quando o cliente faz o pedido, Fernando procura interagir a fim de que ele opte por algo mais natural, seja chá ou suco.
"Nos últimos meses, chegamos a um resultado muito interessante. A cada refrigerante vendido na nossa loja, vendemos quatro chás. Infelizmente, não podemos abrir mão de clientes, mas damos a opção de poder oferecer algo mais saudável", relata, empolgado.
Além disso, a equipe da Quati procura separar todo o lixo, cuidar o uso excessivo de água, não vender cigarros e evitar produtos industrializados. Os preços acessíveis fazem parte dos princípios do empreendedor.
O pote de meio quilo de sorvete custa R$ 18,00. Um combo com baguete mais um suco de laranja sai por R$ 12,80. O restante dos baguetes fica na média de R$ 14,80 a R$ 18,80. A telentrega funciona pelo número (51) 30612929 ou pela página da Quati no Facebook.
Quati Gelato e Baguete
Quati Gelato e Baguete  na foto: Fernando Campello, proprietário da empresa
Compartilhe
Artigos relacionados
Comentários ( )
Deixe um comentário

Publicidade
Newsletter

HISTÓRIAS EMPREENDEDORAS PARA
VOCÊ SE INSPIRAR.

Receba no seu e-mail as notícias do GE!
Faça o seu cadastro.





Mostre seu Negócio