Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 11 de janeiro de 2017. Atualizado às 08h34.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura

11/01/2017 - 09h39min. Alterada em 11/01 às 09h39min

INPC de dezembro fica em 0,14% ante 0,07% em novembro; afirma IBGE

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) subiu 0,14% em dezembro, após ter registrado alta de 0,07% em novembro, segundo dados divulgados na manhã desta quarta-feira (11), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Como resultado, o índice encerrou o ano de 2016 com uma elevação acumulada de 6,58%. O INPC mede a variação dos preços para as famílias com renda de um a cinco salários mínimos e chefiadas por assalariados.
Já o Índice Nacional da Construção Civil (INCC/Sinapi), variou 0,49% em dezembro, após uma alta de 0,10% em novembro, disse o IBGE. O índice acumulado no ano de 2016 foi de 6,64%.
De acordo com o instituto o custo nacional da construção alcançou R$ 1.027,30 por metro quadrado em dezembro, valor acima dos R$ 1.022,26 por metro quadrado estimados em novembro. A parcela dos materiais teve ligeira alta de 0,01%, enquanto o custo da mão de obra ficou 1,02% mais caro em dezembro, após o aumento de 0,27% registrado em no mês anterior.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia