Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de dezembro de 2016. Atualizado às 00h15.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Prefeitura de Porto Alegre

Notícia da edição impressa de 21/12/2016. Alterada em 20/12 às 23h43min

Executivo paga o 13º para uma parte dos servidores

Quem ganha mais será pago até sexta-feira, prevê o prefeito Fortunati

Quem ganha mais será pago até sexta-feira, prevê o prefeito Fortunati


MARCO QUINTANA/JC
A prefeitura de Porto Alegre anunciou ontem o pagamento do 13º salário para os servidores que recebem até R$ 4,7 mil líquidos. Os municipários com vencimentos mais elevados devem ter o restante do valor quitado na sexta-feira. Com isso, 58% da folha já recebeu o valor integral. A parcela representa 18.074 matrículas, em um universo de 30.960.
Segundo o prefeito José Fortunati (PDT), que chegou a anunciar o parcelamento em três vezes do 13º, o pagamento só foi possível com a antecipação do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Amparada por lei aprovada pela Câmara de Vereadores em 2013, a prefeitura anunciou o pagamento com desconto do IPTU, apesar da contrariedade do prefeito eleito, Nelson Marchezan Júnior (PSDB).
Fortunati aproveitou o anúncio para reforçar o pedido de quitação antecipada do IPTU, que pode ser feito até o dia 2 de janeiro com 12% de desconto. "Isso irá permitir o cumprimento dos compromissos do município, não apenas com as duas folhas de pagamento do mês, mas também com a normalidade na prestação dos serviços, diante de uma crise econômica sem precedentes", explicou o atual prefeito.
No início da semana, o presidente municipal do PSDB, Jorge Celso Gobbi, e o vereador eleito pelo partido, Ramiro Rosário, entraram com uma ação popular contra a antecipação do IPTU. O vice-prefeito eleito, Gustavo Paim (PP), explica que a nova administração tem resistência a dois pontos: concessão de descontos e antecipação do IPTU. "Quando tu concedes desconto, estás abrindo mão de receitas", entende Paim.

Servidores municipais realizam paralisação pela manhã

Contra o parcelamento do pagamento do 13º salário, o Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) anunciou uma paralisação na manhã de hoje e um ato na frente da prefeitura, cobrando a remuneração total. A categoria está em estado de alerta desde o dia 13 de dezembro, quando realizou assembleia.
Durante a tarde, um novo encontro dos servidores deve definir os rumos do movimento. Segundo o diretor jurídico do Simpa, Luan Sanchotene, o sindicato obteve uma liminar que garantia o pagamento do 13º integralmente até ontem, o que não foi cumprido pela prefeitura.
Sanchotene destaca a possibilidade de o sindicato exigir algum tipo de ressarcimento para os servidores que receberão a segunda parcela do 13º na sexta-feira.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia