Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 10 de janeiro de 2017. Atualizado às 20h49.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

opinião

Notícia da edição impressa de 11/01/2017. Alterada em 10/01 às 21h50min

Gestão de riscos trabalhistas

Watson Pacheco da Silva
A gestão de riscos trabalhistas consiste na adoção de políticas internas que visem à melhor administração dos recursos humanos, reduzindo ao máximo não apenas o número de reclamações trabalhistas, como também o "resultado financeiro" dessas reclamatórias. O termo "resultado financeiro" - não prejuízo proporcionado por reclamatórias trabalhistas - é aqui utilizado, pois, em uma análise mais profunda do assunto, há grande diferença nos conceitos.
Os dicionários conceituam prejuízo como "perda ou dano de qualquer natureza". O prejuízo financeiro ocorre quando se gasta mais do que se arrecada, de modo que pode haver situações em que, mesmo quando se perde, ganha-se.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia