Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 31 de outubro de 2016. Atualizado às 12h58.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Campeonato Brasileiro

Notícia da edição impressa de 31/10/2016. Alterada em 31/10 às 14h02min

Inter: empate amargo e a volta da preocupação

Colorado foi superior no início da partida, mas acabou relaxando e permitindo que o adversário jogasse

Colorado foi superior no início da partida, mas acabou relaxando e permitindo que o adversário jogasse


RICARDO DUARTE/INTER/DIVULGAÇÃO/JC
Um empate com sabor de derrota. A descrição de Celso Roth resume o sentimento que tomou conta do Beira-Rio no sábado, após o empate do Inter em 1 a 1 com o Santa Cruz, em Porto Alegre. Em uma partida ruim, na qual jogou boa parte do tempo com um atleta a menos, o Colorado perdeu a chance de somar pontos contra o então lanterna do Campeonato Brasileiro. Agora, o time gaúcho está na 16ª posição, com 38 pontos, dois à frente do Vitória, que abre o Z-4.
Admitindo que todos dentro do clube esperavam um resultado melhor, Celso Roth lamentou a "falha grave coletiva" que resultou no gol do Santa Cruz. "Erramos de novo em uma bola parada e sentimos bastante depois disso. Não podemos perder a concentração, precisamos ter mais atenção", acentuou o treinador.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Dorian R. Bueno 31/10/2016 10h01min
MUITO PRAZER EU SOU APENAS O FUTEBOL !!!nnÀ hora é complicada para criticar, mas mesmo assim eu preciso falar que muitos atletas não possuem talento para continuar vestindo o manto sagrado da camisa alvi rubra do SPORT CLUB INTERNACIONAL, diante de um cenário maravilhoso que é o BEIRA-RIO.nnPor que não jogaram com os reservas contra o Santa Cruz, parece que eles correm bem mais e estão mais motivados por saberem que quem é titular do treinador Roth, não tem entendido que não possuem bola nem para jogar na nossa querida quadra de areia da Redenção.nnAprendi lá no passado que através de uma bola, o futebol poderia levar alegria, lazer, gerar êxtase nas emoções dos seres humanos através da energia positiva da vibração de GOLSSSSSSSSSSS, mas os jogadores do COLORADO demonstram que perderam esta vontade de VENCER.nnQuando o FUTEBOL é bem jogado em equipe, a BOLA vai rolar feliz para algum time ser o vitorioso, os torcedores poder aplaudir os jogadores que proporcionaram esta VITÓRIA, mas para nós, esta PELEIA está cada vez mais complicada, mas vamos continuar torcendo.nnAbs. Dorian Bueno Google+, POA, 31.10.2016 nn