Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 05 de outubro de 2016. Atualizado às 22h38.

Jornal do Comércio

logo
COMENTAR | CORRIGIR

Bioesthetics Reabilitação Bucomaxilo Ltda.

Notícia da edição impressa de 06/10/2016. Alterada em 05/10 às 21h37min

Equipamento permite implantes com mais eficiência

Criado por Heine (centro) e engenheiros, IMI otimizará implantes

Criado por Heine (centro) e engenheiros, IMI otimizará implantes


BIOESTHETICS /DIVULGAÇÃO/JC
Há 30 anos atuando como dentista, Ricardo Alberto Heine começou a se dar conta, no dia a dia, da necessidade de determinados equipamentos ou de soluções mais acessíveis para determinados problemas. Assim, começou a consolidar uma parceria com um engenheiro para criar produtos e, consequentemente, colocá-los no mercado. Dessa maneira, nasceu o Instrumento Multiuso em Implantes (IMI), o mais novo projeto da Bioesthetics Reabilitação Bucomaxilo Ltda., consultório do qual Heine é um dos sócios.
O equipamento consiste na reunião de diferentes elementos, que visam à realização de implantes dentários com mais eficiência. Por isso, o instrumento multiuso orientará, através de um software, o dentista para que este realize o posicionamento correto dos implantes no paciente. Nesse sentido, o primeiro elemento do IMI é um extrator de dentes distinto dos utilizados hoje em dia. "Desenvolvemos um extrator mais simplificado. Nossa dificuldade era botar um parafuso na raiz do dente. Então, desenvolvemos esse parafuso junto a engenheiros mecânicos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs)", comenta Heine.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia