Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 05 de agosto de 2016. Atualizado às 10h42.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

conjuntura internacional

05/08/2016 - 10h44min. Alterada em 05/08 às 10h44min

Taxa de desemprego nos EUA fica em 4,9% em julho; previsão 4,8%

A taxa de desemprego nos EUA permaneceu em 4,9% em julho, mesmo valor registrado em junho, informou o Departamento do Trabalho. O resultado ficou levemente abaixo da previsão dos analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que esperavam redução para 4,8%.
Uma medida mais ampla do desemprego - que inclui os norte-americanos com trabalho de período parcial ou desanimados para procurar emprego - subiu levemente para 9,7% em julho, de 9,6% em junho.
Já a taxa de participação na força de trabalho dos EUA subiu para 62,8% em julho de 62,7% em junho. A medida havia atingido o piso de 62,4% em setembro - o nível mais baixo desde 1977 - mas vem crescendo conforme mais pessoas começam a entrar na força de trabalho ou se animam para procurar emprego.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia