Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 24 de agosto de 2016. Atualizado às 20h35.

Jornal do Comércio

JC Logística

COMENTAR | CORRIGIR

Rodovias

Notícia da edição impressa de 25/08/2016. Alterada em 24/08 às 18h53min

Lei do farol ligado aplica 124 mil multas em 30 dias

Infração média, luz baixa desligada é punida com multa e perda de quatro pontos na carteira de habilitação

Infração média, luz baixa desligada é punida com multa e perda de quatro pontos na carteira de habilitação


JOÃO MATTOS/ARQUIVO/JC
Um mês depois da entrada em vigor da lei que exige uso de farol baixo nas rodovias durante o dia, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou ter aplicado 124.180 multas no período entre 8 de julho e 8 de agosto. Como a multa por essa infração é de R$ 85,13, o valor a ser arrecadado será de R$ 10,5 milhões. O estado do Rio registrou o quarto maior número de multas: foram 11.100 notificações.
Os cinco estados com mais multas foram Goiás, com 14.683; Paraná, 12.976; Minas Gerais, 12.660; Rio, 11.100; e Santa Catarina, 10.720. Já no estado de São Paulo, a polícia registrou 6.616 infrações, sendo que a Via Dutra foi a estrada que teve o maior número de flagrantes, com 3.351 condutores autuados entre Queluz, na divisa do Rio de Janeiro, e São Paulo.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia