Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 16 de maio de 2016. Atualizado às 22h42.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR
Notícia da edição impressa de 17/05/2016. Alterada em 16/05 às 22h41min

Disputa do PMDB na Câmara gera divisão

 Ex-líder Leonardo Picciani assumiu o Ministério do Esporte

Ex-líder Leonardo Picciani assumiu o Ministério do Esporte


YASUYOSHI CHIBA/AFP/JC
A eleição para a liderança do PMDB na Câmara dos Deputados pode gerar uma ruptura na legenda do presidente interino Michel Temer logo no início da sua gestão. Na disputa pelo cargo, antes ocupado por Leonardo Picciani (RJ), que assumiu o Ministério do Esporte, estão os deputados Leonardo Quintão (MG), vice-líder da sigla na Casa, e Baleia Rossi (SP), aliado de Eduardo Cunha (RJ).
Enquanto Quintão defende a sua manutenção "natural" na liderança e insinua a "paralisação" da bancada caso haja nova eleição, Rossi surge com tom mais apaziguador, propondo um acordo. Apesar de ser uma escolha importante para o governo, Temer sinalizou aos peemedebistas que não pretende interferir no processo.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia