Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 10 de maio de 2016. Atualizado às 23h19.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Canadá

Notícia da edição impressa de 11/05/2016. Alterada em 10/05 às 23h09min

Fort McMurray escapou do pior do fogo, diz premiê

A premiê de Alberta, no Canadá, Rachel Notley, afirmou que a cidade de Fort McMurray, produtora de petróleo em areias betuminosas, se salvou em grande medida do incêndio que atingiu a região. Rachel informou que há um plano para que, dentro de duas semanas, a maioria das 88 mil pessoas retiradas de suas casas possa retornar.
Pelo menos 2.400 casas e prédios foram destruídos, mas os bombeiros salvaram outros 25 mil, inclusive o hospital, prédios municipais e todas as escolas em funcionamento. Segundo a premiê, o fogo continua a crescer fora da cidade e atinge agora uma área de 2.020 quilômetros quadrados.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia