Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 16 de maio de 2016. Atualizado às 22h40.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura

Notícia da edição impressa de 17/05/2016. Alterada em 16/05 às 22h40min

Atividade econômica tem 5º recuo seguido e cai 0,7% no 1º trimestre, diz Serasa

Do lado da demanda, houve expansão somente das exportações

Do lado da demanda, houve expansão somente das exportações, que subiram 5,9%, enquanto as importações caíram 2,6%


TÂNIA RÊGO/ABR/JC
O Produto Interno Bruto (PIB) medido pela Serasa Experian registrou a quinta queda consecutiva no primeiro trimestre deste ano, mas o ritmo de retração diminuiu em relação ao quarto trimestre, ajudado especialmente pelo setor externo. Nos três primeiros meses de 2016, o Indicador Serasa Experian de Atividade Econômica (PIB Mensal) caiu 0,7% na comparação com o período imediatamente anterior, quando houve declínio de 1,4%, com ajuste sazonal. No confronto com os três primeiros meses de 2015, sem ajuste, o PIB cedeu 5,5%.
A atividade agropecuária, sob a ótica da oferta, foi o único setor a registrar crescimento, de 4,6%, no primeiro trimestre ante o último trimestre do ano passado. Já o PIB da indústria recuou 4,3%, enquanto o setor de serviços caiu 0,4%.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia