Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 10 de maio de 2016. Atualizado às 23h10.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Agronegócios

Notícia da edição impressa de 11/05/2016. Alterada em 10/05 às 23h09min

Produção agrícola gaúcha tem alta de 1,4%

 Mesmo com alta de 10% na produtividade, safra de milho recuou 3,9%, diz a Conab

Colheita de lavoura de milho. Foto Kátia Marcon


KÁTIA MARCON/DIVULGAÇÃO/JC
O oitavo levantamento da safra de grãos 2015/2016, realizado pela Conab, indica que o Rio Grande do Sul irá ampliar a sua produção em 1,4%, passando de 31,62 milhões de toneladas para 32,07 milhões de toneladas. A apuração mostra que a área de plantio praticamente se manteve a mesma, em 8,44 milhões de hectares, contra 8,45 milhões de hectares da safra 2014/15 (redução de 0,1%). Em todo o País, a safra brasileira de grãos, que se encerra no mês que vem, deve alcançar 202,39 milhões de toneladas, o que corresponde a uma queda de 2,5% em comparação com o período anterior, de 207,7 milhões de toneladas.
A apuração foi realizada e divulgada já na reta final da colheita das safras de verão, informa o superintendente regional da Conab, Glauto Lisboa Melo Júnior, que destaca a colheita recorde de soja. Carro-chefe do agronegócio no Estado, o grão representa quase metade de toda a safra gaúcha. O Rio Grande do Sul deve colher 15,6 milhões de toneladas de soja, alta de quase 5% frente aos 14,88 milhões do último ano.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia