Tatiana Cartagena de Oliveira é criadora da Emdime, portal de empreendedorismo digital para mulheres Tatiana Cartagena de Oliveira é criadora da Emdime, portal de empreendedorismo digital para mulheres Foto: ARQUIVO PESSOAL/DIVULGAÇÃO/JC

Após diagnóstico de câncer, alegretense cria portal de empreendedorismo para mulheres

Sediada na Fronteira Oeste, a Emdime promove cursos, consultorias e eventos

A vida parecia ir de vento em popa para a cientista da computação, Tatiana de Oliveira. Era dezembro de 2013 e estava prestes a concluir o mestrado e finalizar a reestruturação de uma empresa com o marido. Sua história virou de cabeça para baixo ao ser surpreendida com o diagnóstico de câncer na tireoide. “Como eu não tinha plano de saúde, precisei trancar o mestrado, fechar a empresa e usar o dinheiro do investimento para me tratar. Foi um momento difícil”, relembra. A volta por cima aconteceu no ano seguinte, quando Tatiana criou, em Alegrete, na fronteira oeste do Estado, a Emdime, um portal de empreendedorismo digital voltado às mulheres.
Promovendo cursos, consultorias e eventos sobre o tema, Tatiana diz ter colaborado até agora com ao menos 200 mulheres na cidade. “Aqui na região não existem movimentos de empreendedorismo como em Porto Alegre”, diz. O objetivo dela, com o negócio, é preencher o gap, inserindo o público feminino nos negócios e desenvolvê-lo profissionalmente através da internet.
O pontapé inicial aconteceu após Tatiana e o marido, Rafael Araújo, passarem em um concurso para professores de um instituto federal. Abordando temas do comércio eletrônico numa das disciplinas, Tatiana começou a se interessar de forma pessoal. A partir daí participou de grupos de empreendedorismo nas redes sociais, inclusive da Rede Mulher Empreendedora. Foi então que a empresa nasceu.
Hoje, a página da Emdime no Facebook é seguida por quase 5 mil pessoas interessadas no ambiente digital. Para assessorias personalizadas, com direito a formulação de uma identidade visual, desenvolvimento de plataformas online e divulgação digital, os pacotes variam de R$ 900 a R$ 1600. Os cursos custam em média R$ 240,00.
Para o futuro, Tatiana quer continuar crescendo. Ela já terminou o mestrado e está às portas de finalizar o tratamento contra o câncer. “Vai dar tudo certo”, confia. “Ainda tem muitas mulheres precisando de ajuda para empreender.”
Compartilhe
Artigos relacionados
Comentários ( )
Deixe um comentário

Publicidade
Newsletter

Receba no seu email todas as notícias sobre empreendedorismo. Cadastre-se:





Mostre seu Negócio
Redes Sociais