Porto Alegre, segunda-feira, 25 de janeiro de 2016. Atualizado às 00h21.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
25°C
32°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1080 4,1100 1,34%
Turismo/SP 3,8700 4,3200 0,91%
Paralelo/SP 3,8700 4,3200 0,91%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
Repórter Brasília Edgar Lisboa


Repórter Brasília

Notícia da edição impressa de 22/01/2016

Acesso à Internet

Estudo do Banco Mundial informa que 98 milhões de pessoas não têm acesso à internet no Brasil. O Relatório sobre o Desenvolvimento Mundial 2016: Dividendos Digitais coloca o Brasil em quinto lugar em número de usuários de internet, atrás da China, dos Estados Unidos, da Índia e do Japão. O Ministério das Comunicações contesta as informações do Banco Mundial e diz que número absoluto de brasileiros off-line chama a atenção devido ao tamanho da população brasileira, estimada em 204 milhões de pessoas. Segundo a Secretaria de Telecomunicações do ministério, 55% dos brasileiros com pelo menos 10 anos de idade são usuários de internet e, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2014, havia 175,2 milhões de pessoas utilizando a internet.
Opinião dos senadores
O senador Lasier Martins (PDT) entende que "o Brasil está muito bem-colocado no índice de participação na internet e em notório crescimento". Ele observa que, dos cinco países citados, três têm população superior ao Brasil, e "isso ratifica a nossa boa colocação".
Muita propaganda
Na opinião da senadora Ana Amélia Lemos (PP), "as diferentes estimativas do Banco Mundial e do governo brasileiro, em relação ao número de pessoas conectadas no nosso País, trazem uma constatação: temos um longo caminho a percorrer para garantir o acesso dos brasileiros à internet. O governo precisa ser mais efetivo em melhorar o acesso, pois hoje a internet é fundamental para garantir a cidadania". Ana Amélia diz que "o Programa Nacional de Banda Larga não anda na velocidade necessária e, como tantos outros, é carregado no marketing para ganhar eleição, como ocorreu com a Pátria Educadora e Mais Especialidades, no caso da saúde pública. Muita propaganda e pouco resultado".
Acesso a todos
Já Paulo Paim (PT) lamenta que, apesar de o Brasil ser o quinto com mais acesso à internet, 98 milhões de brasileiros não têm acesso a esse importante instrumento. Para Paim, é "fundamental que o Ministério das Comunicações agilize esse acesso. O ideal é que 100% dos brasileiros possam acessar a internet". O senador argumenta: hoje ninguém faz nada sem internet. "Eu, por exemplo, recebi agora o balanço feito pelo Senado do trabalho que realizamos na Comissão de Direitos Humanos e Legislação participativa que ouviu 15 mil pessoas, em 2015. Esse trabalho só é possível graças à internet", "
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Esqueceram o governo Após o recesso, nove CPIs
Quando voltarem do recesso parlamentar, em fevereiro, deputados e senadores retomarão os trabalhos das comissões parlamentares de inquérito

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo