Porto Alegre, segunda-feira, 25 de janeiro de 2016. Atualizado às 00h17.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
25°C
32°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 4,1080 4,1100 1,34%
Turismo/SP 3,8700 4,3200 0,91%
Paralelo/SP 3,8700 4,3200 0,91%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Transporte Notícia da edição impressa de 22/01/2016. Alterada em 21/01 às 20h46min

Operação tartaruga dos rodoviários causa congestionamento em várias vias da Capital

Marcelo G. Ribeiro/JC
Fila de ônibus na avenida João Pessoa chegou à avenida Ipiranga

Isabella Sander

Foi dada a largada da já tradicional campanha salarial anual dos rodoviários de Porto Alegre. Como a data-base da categoria é 1 de fevereiro, janeiro é sempre marcado por negociações com a patronal e protestos nas ruas da Capital. Após rejeitar proposta do Sindicato das Empresas de Ônibus de Porto Alegre (Seopa), o Sindicato dos Rodoviários promoveu, durante a manhã desta quinta-feira, uma operação tartaruga nos corredores de ônibus das avenidas João Pessoa, Osvaldo Aranha e Farrapos. O ato gerou congestionamento nas vias da cidade.
Segundo o presidente do sindicato, Adair da Silva, a adesão foi de 100%, e não houve casos de ônibus desviando dos corredores para evitar o protesto. "Até o final da manhã, houve congestionamento na região do Túnel da Conceição, devido ao nosso movimento, sendo que encerramos as atividades às 9h30min, conforme combinado com a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC)", destaca. A manifestação foi iniciada às 7h30min.
A fila de veículos gerou engarrafamento no Centro, principalmente nas proximidades do Túnel da Conceição, quando os rodoviários fizeram carreata em direção à avenida Mauá, conforme o Centro Integrado de Comando de Porto Alegre (Ceic). Na Osvaldo Aranha, os corredores ficaram lotados até a avenida Venâncio Aires e, na João Pessoa, até a Ipiranga. No final da manifestação, os rodoviários saíram dos veículos e caminharam com cartazes pelas vias exclusivas para o transporte público.
A categoria reivindica 15% de reajuste salarial e o mesmo percentual de aumento no vale-alimentação. Além disso, demanda o pagamento integral do vale durante as férias do funcionário - hoje, os profissionais recebem apenas 50% do benefício no período. O Seopa acenou com proposta de 8% de aumento e de R$ 0,50 no vale-alimentação. "Essa proposta enfureceu os rodoviários, pois não compensa nem mesmo a inflação acumulada desde o último reajuste, de 11,28%", critica Silva.
A entidade pede nova reunião com a patronal. "Nem chamamos assembleia com a categoria com essa proposta inicial, não valia a pena. Fizemos o protesto e aguardamos nova reunião, que deve ocorrer até segunda-feira. Se o Seopa não nos chamar, haverá novas manifestações", ameaça o sindicalista. O sindicato patronal informou que a intenção é chamar a categoria para negociação salarial na semana que vem, mas não há confirmação sobre a data do encontro.
 
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Tempo de uso da frota de táxis cairá para cinco anos Licitação do BikePoa será lançada na quinta-feira Site identifica permissionários e taxistas Aeromóvel na Zona Sul depende de verba para financiar obra

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo