Porto Alegre, quinta-feira, 17 de dezembro de 2015. Atualizado às 15h10.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
34°C
34°C
24°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9010 3,9030 0,45%
Turismo/SP 3,7200 4,1000 0,72%
Paralelo/SP 3,7200 4,1000 0,72%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

Trânsito 17/12/2015 - 16h05min. Alterada em 17/12 às 16h10min

Porto Alegre lança canal de consulta on-line para identificar taxistas

Luciano Lanes/PMPA/JC
Fortunatti e Capellari durante lançamento do Busca Por Prefixo Táxi

Uma ferramenta que promete dar mais transparência e segurança aos usuários de táxi em Porto Alegre foi lançada nesta quinta-feira (17). O canal Busca Por Prefixo Táxi foi apresentado pelo prefeito José Fortunati, juntamente com o diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, e está disponível para a população no site da empresa.
Por meio da ferramenta, os usuários poderão identificar todos os taxistas que prestam serviço na Capital. Ao todo são 3.920 táxis cadastrados, 10 mil condutores credenciados e todos os carros possuem GPS e botão de pânico.
Com a informação do prefixo do veículo, número exposto nas laterais e sobre o carro (luminoso), há a possibilidade de encaminhar uma avaliação sobre o atendimento prestado pelo condutor.
Também é possível ver as fotos dos condutores credenciados para aquele veículo, para avaliação dos usuários. Em caso de denúncia, o sigilo é garantido. A análise do caso pode resultar em advertência até a perda da licença do táxi.
"Esta transparência que estamos apresentando hoje serve para que haja uma avaliação completa de como o serviço está sendo prestado. Isto está sendo construído com o sindicato dos taxistas e com a associação dos taxistas para que, gradativamente, a gente possa oferecer um serviço de melhor qualidade”, ponderou o prefeito.
Já Cappellari destacou que as opiniões dos usuários serão analisadas pela fiscalização de transporte da EPTC para futuras correções e qualificação na prestação do serviço. Conforme o diretor, a implantação do GPS, do botão de pânico e do novo canal permitem um avanço no processo de qualificação do sistema de táxi em Porto Alegre.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Apesar do alto número de flanelinhas, Porto Alegre tem registro de apenas 99 guardadores Nova ponte da Ipiranga tem tráfego liberado "Acidentes têm de ser tratados como crimes de trânsito", diz ativista Mudança comportamental passa pelas leis

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo