Porto Alegre, domingo, 20 de dezembro de 2015. Atualizado às 18h09.
PREVISÃO DO TEMPO
PORTO ALEGRE AMANHÃ
AGORA
ND
32°C
21°C
previsão do tempo
COTAÇÃO DO DÓLAR
em R$ Compra Venda Variação
Comercial 3,9470 3,9490 1,43%
Turismo/SP 3,7500 4,1100 0,24%
Paralelo/SP 3,7500 4,1100 0,24%
mais indicadores
Página Inicial | Opinião | Economia | Política | Geral | Internacional | Esportes | Cadernos | Colunas | GeraçãoE
ASSINE  |   ANUNCIE  |   ATENDIMENTO ONLINE
COMENTAR CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR

indústria automobilística 20/12/2015 - 19h09min. Alterada em 20/12 às 19h09min

Brasil negocia acordo de comércio automotivo com Paraguai

Folhapress

O Brasil está negociando um acordo para facilitar o comércio de automóveis e peças com o Paraguai. Segundo o ministro de Desenvolvimento, Armando Monteiro, a ideia é concluir um acordo automotivo com o vizinho no primeiro trimestre do ano que vem.
O Paraguai é o único país do Mercosul com o qual o Brasil ainda não tem um acordo de facilitação de comércio deste setor. Segundo Monteiro, o mercado do país vizinho é basicamente abastecido por carros usados e, com o desempenho favorável da economia, poderia se transformar em um consumidor de veículos feitos no Brasil.
Em troca, o vizinho quer produzir autopeças para atender o mercado brasileiro, um processo classificado como "gradual" por Monteiro. Segundo o ministro, a estratégia da política de integração é estimular que os vizinhos deixem de importar de concorrentes asiáticos, como a China, e comprem do Brasil. Para tanto, as empresas brasileiras deveriam transferir parte de sua operação para outros países, aproveitando custos mais baixos.
"Como é sabido, o Paraguai tem custos baixos e disponibilidade de energia barata. Nesse arranjo, verifico que algumas etapas do processo produtivo possam vir a ser realizadas aqui [no Paraguai], o que fará com que as empresas fornecedoras de bens finais do Brasil se tornem mais competitivas e se promova esse processo de substituição de importações", disse.
Segundo ele, o Brasil, que já fechou um acordo para facilitação do comércio automotivo com o Uruguai, deverá fazer ajustes na negociação que tem em vigor com a Argentina. O atual acordo automotivo entre os dois países expira em junho de 2016 e foi renovado nas mesmas condições, à espera da troca de governo na Argentina.
COMENTÁRIOS
Deixe seu comentário sobre este texto.



DEIXE SEU COMENTÁRIO CORRIGIR ENVIAR imprimir IMPRIMIR
LEIA TAMBÉM
Kia Motors prevê fechar 2015 queda de 30% nas vendas no Brasil
A Kia Motors espera fechar o ano de 2015 com a venda de cerca de 16 mil veículos no Brasil, queda de 30% em relação a 2014

 EDIÇÃO IMPRESSA

Clique aqui
para ler a edição
do dia e edições
anteriores
do JC.


 
para folhear | modo texto
» Corrigir
Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.
Nome:
Email:
Mensagem:
» Indique esta matéria
[FECHAR]
Para enviar essa página a um amigo(a), preencha os campos abaixo:
De:
Email:
Amigo:
Email:
Mensagem:
 
» Comente esta notícia
[FECHAR]
  Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.  
  Nome:  
  Email:    
  Cidade:    
  Comentário:    
500 caracteres restantes
 
Autorizo a publicação deste comentário na edição impressa.
 
Digite o resultado
da operação matemática
neste campo